Image

Comunicação Visual – Impressão fotográfica

Comunicação Visual é todo meio de comunicação que se expressa através de componentes visuais, podendo ser: Imagens, signos, desenhos, gráficos, grafismos, ou seja, tudo que pode ser visto. O termo propriamente dito, é muito abrangente e não precisa ser limitado a uma única área de estudo ou atuação, embora o termo Comunicação Visual, possa ter o mesmo sentido de Design Gráfico ou Design Visual.

Antes do uso dos termos design gráfico ou design visual ou também programação visual serem adotados, o termo comunicação visual servia para determinar a área de atuação do designer gráfico (comunicador visual). Mas como algumas pessoas consideravam o termo “comunicação” muito abrangente, problema às vezes enfrentado por comunicadores sociais, o termo em inglês para projeto(Project) foi adotado. Isso foi disputado por muitos, mas a decisão foi mantida e, em se tratando de projeto, comunicação visual é sinônimo de design gráfico. O que seria a transmissão e recepção de uma mensagem através do olhar.

Sendo a comunicação reconhecida como uma das mais importantes atividades humanas, ela assume diferentes questões e abordagens que devem ser analisadas e estudadas para a tentarmos definir corretamente. “Comunicar é tornar comum – é normativa, a comunicação. Faz comunicar – tornar comum – o que não deve permanecer privado.” (Legendre, 1982) Determinamos o termo “comunicação visual” para designar o vasto conjunto de imagens visuais bidimensionais que invadem as nossas vidas. Segundo Munari (1968), praticamente tudo o que os nossos olhos vêm é comunicação visual (desenhos, objetos, plantas, animais, etc.), contudo, os seus valores são diferentes, de acordo com o contexto onde se inserem e, em relação às mensagens, elas podem ser casuais ou intencionais. A comunicação intencional é algo que o ser humano faz para comunicar, através de um código e informações precisas. Uma comunicação casual pode ser interpretada livremente por quem a recebe. Contrariamente, numa comunicação intencional, a totalidade do significado da mensagem deveria ser compreendida pelo seu receptor (Munari, 1968). Seguindo o conceito das mensagens intencionais, somos “bombardeados” diariamente com milhares de imagens visuais, aplicadas em diferentes produtos e suportes de comunicação – cartazes, símbolos, instruções visuais, publicidade, internet, etc., com diferentes tipos e funções de mensagens. Umas informam, outras dirigem e influenciam ou por vezes confundem o seu receptor. Pensamos importante referir que o termo “imagem” pode ser aplicado aos objetos, contudo existe uma diferença importante relativamente ao termo “comunicação”, os objetos têm qualidades visuais ou tácteis que comunicam diretamente com efetividade com o seu usuário. Ao contrário, as imagens bidimensionais são distintas, comunicam com grande imediatez, e são mais efémeras. Como acontece com o design de objetos, existem imensas práticas no design de comunicação, e um dos termos mais utilizado para a caracterizar, é o de designer gráfico – expressão que surgiu na década de 1920, para caracterizar os profissionais que trabalhavam as imagens bidimensionais (Heskett, 2005).

Ao se elaborar qualquer tipo de campanha e iniciar seu planejamento é preciso acima de tudo saber quem é seu público-alvo, pois é depois de um grande estudo de pesquisa que sabemos qual tema utilizar e também quais peças publicitárias ou mídia deveremos melhor usufruir para que a mensagem seja bem aceita em qualquer espaço.

Nada mais suscinto, estrategicamente que para um bom trabalho, uma boa campanha a ser realizada sugerir a utilização dos melhores instrumentos de comunicação, investindo também na qualidade, na quantidade, na intensidade, na rapidez, etc.

Eis aqui, a classificação de alguns desses instrumentos midiáticos:

Veículos Visuais – Estes podem ser lidos ou vistos.

  • Imprensa: jornais, revistas e periódicos especializados.
  • Outdoor: cartazes, painéis e luminosos.
  • Publicidade direta: prospectos, folhetos, cartas, catálogos…
  • Exibições: displays, vitrinas e exposições.

Veículos Auditivos – Estes para serem ouvidos.

  • Rádio e alto-falantes

Veículos Audiovisuais – Estes para serem ouvidos e vistos.

  • Televisão, Cinema e audiovisual (slides ou vt).

Veículos Funcionais – Estes para desempenhar uma dada função.

  • Amostras, Brindes e Concursos

A Display Brasil lhe oferece todo suporte para comunicação visual, consulte nossos vendedores e peça um orçamento.

(41) 3661-9900 ou (41) 3116-7000

Anúncios